O que importa é aprender… a forma…

Peço licença ao meu amigo do além para reproduzir aqui o email recebido. Confesso que não sei bem como reagir a esta inesperada missiva. De qualquer forma, ainda que me cause um certo receio, é bom contar com amigos tão ecléticos, variados e cultos:

Cara amiga Chris,

comentário off blog.

A palavra alemã para torta é kuchen, sem o n.

Se quiser pode corrigir, mesmo que o local onde esteja indicado tenha grafado errado como kunchen.

Atenciosamente

Goethe

Em tempo:

– a fonte de fato grafou como Kunchen. O original está aqui para fazer prova se necessário.

– Shakespeare, você podia seguir o exemplo de nosso caro colega germânico e mandar notícias de vez em quando? E você, Camões? Aonde esqueceu as boas maneiras?

Anúncios

Um comentário sobre “O que importa é aprender… a forma…

  1. Como funciona esta parte de auxílio linguístico do além? Basta invocar os entes desejados que eles aparecem para proteção dos desvalidos.? Muito gentil, da parte do senhor Goethe socorrer uma amiga em apuros. E depois dizem que os germânicos não são amáveis. Como diria minha mãe um “gentil-homem”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s