A capital dos bares

Gente, não é a toa que eu gosto dessa coisa de receber. Tem coisa mais gostosa que sentar em torno de uma mesa, beliscar despretensiosamente e jogar conversa fora?

Para quem não sabe, diz-se que o boteco é a praia do mineiro. Na falta do marzão, a gente se reúne, e bebe e fala. Mas os botecos de Beagá têm uma autenticidade, uma coisa bacana, um jeito de ser peculiar, que me desculpe os paulistanos, não se tem por aqui.

Eu moro em Sampa em um subúrbio “chique”. Mas, antes de morar no subúrbio chique, eu morava no meio da agitação, então nem venham os amigos dizer que a minha visão é distorcida. E nem que eu não goste de Sampa, pelo contrário. Mas São Paulo é muito eficiente, em tudo. Tudo é organizado, tudo é estruturado, tudo é negócio. E é meio assim que eu vejo os botecos daqui. Os botecos tem um ar cuidadosamente desorganizado. Tudo caprichosamente organizado para parecer boteco. Tão organizado que poderiam virar franquias de boteco, com manual e tudo mais: deixem a vassoura no canto, coloquem uns quadros demodés, etc.

Os botecos de beagá são aquilo ali mesmo. Copo sujo, desorganizado, porções generosas, preços camaradas, para ninguém ter dó de comer e beber até esquecer do tempo. São realmente democráticos. Todas as classes sociais no mesmo lugar, tomando cerveja no copo americano. Óbvio que tem um pouco de tudo. Não dá para generalizar. Neste sábado mesmo, fomos na filial do Pinguim, de Ribeirão Preto. Mas, o clima, o ambiente, não tem nada a ver com a matriz.

Aí inventaram o Comida di Buteco, concurso de petiscos entre bares, modelo que já foi exportado para outras terras, inclusive esta daqui. Tem um lado bacana de divulgar nossa cultura, mas por outro, deu uma certa pasteurizada nos botecos familiares. Mas não tem jeito, eles continuam charmosos.

Quanta nostalgia!!! Dá até para para parodiar Manuel Bandeira e a sua Pasárgada!

Lá a existência é uma aventura

De tal modo inconseqüente

Que Joana a Louca de Espanha

Rainha e falsa demente

Vem a ser contraparente

Da nora que nunca tive

Anúncios

9 comentários sobre “A capital dos bares

  1. Eu adoro BH, o povo de lá é muito jóia, mas quando moramos lá eu sentia muita falta de algumas coisas daqui, como padaria paulista, sabe que você faz uma refeição, toma café da manhã, chá da tarde etc. Chris!!! Você é tão descolada e não conhecia a crockpot, hehehe. Bjs!

  2. Que delícia! Fiquei encantada com os botecos de BH! Gosto muito desse ambiente informal, de boa comida e bom atendimento que só encontramos nos “botecos de verdade”. Em BH encontramos uma preciosidade, a cerveja Serra Malte, não distribuída pelas bandas de cá. Ficamos na casa de um grande amigo que é profundo conhecedor do assunto e que nos apresentou o que havia de melhor. Este ano esse amigo vai abrir o seu próprio boteco, o qual chamará “Se sobrar nóis vende”. Já dá pra imaginar, né? Ô trem gostoso, sô!

  3. cuidadosamente desorganizado…é isso msm q sinto nos botecos de cá…

    qto a bh…logo logo dou meu parecer..ehehhe(olha eu já aceitando o convite!)

    mencionou pingum de ribeirão…bjocas mil…o lugar bom aquele!!!oq é aquele chopp escuro…nossa não há igual!

    bjs

  4. Uai, Chris!
    É fácil:
    “Eles pensam que o ônibus é deles!”
    Mas o mineiro falando, emendando e comendo sílabas, fica “Êspensqoonsedês”.
    Essa diversidade cultural e lingüística (e até fonética) é o que me encanta no nosso Brasil.
    Um beijo da sua amiga carioca de coração mineiro.

  5. KKKKKK
    Tentei, tentei falar rápido para entender, e não consegui – e olha que eu sou 100% mineira!
    De onde você tirou essa frase, menina???

    Lele, depois você tem que nos apresentar esse boteco!

    Beijos meninas!

  6. Chris, eu ouvi de um carioca que mora em Minas desde muito pequeno. Ele falou rápido, do modo como vocês falam, e eu fiquei tentando entender a frase um bom tempo. Qdo descobri, morri de rir! Tem até comunidade no orkut com esta frase! rs Bjs

  7. Chris, eu ouvi de um carioca que mora em Minas desde muito pequeno. Ele falou rápido, do modo como vocês falam, e eu fiquei tentando entender a frase um bom tempo. Qdo descobri, morri de rir! Tem até comunidade no orkut com esta frase! rs Bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s