Feliz desaniversário, Chrises!!

Eu queria que hoje fosse aniversário deste blog, pois assentaria muito bem com o que eu tenho a dizer. Mas, como não é, eu invoco Lewis Carrol e o País das Maravilhas para comemorar o desaniversário do blog, e ter a deixa para expressar o que eu gostaria:

Atenção senhoras e senhores: escrever pode se tornar um vício. Um vício do bem, ok, mas ainda assim um vício.

Esta que vos escreve aqui agora passou uma vida inteira começando e abandonando diários. Escrever sempre foi uma paixão, mas deletar sempre foi uma compulsão maior. Nada, mas absolutamente nada do que eu escrevesse, e que não fosse 100% sério, documentado, fundamentado sobreviveria ao frenético e avassalador olhar crítico da autora, que censurava tudo, pelos motivos mais variados, ou sem motivo algum.

Não sei o que acontece. Não sei explicar que mudanças se processaram nestes quase seis meses de blog. As outras várias facetas, as outras Chrises, aquelas que não são aqui retratadas, a que se levanta de manhã e vai trabalhar. A que se relaciona com seu marido, aquele, o peregrino. A que trata com os amigos com o mesmo humor sarcástico de sempre, mas que quer crer do fundo do coração que todos e cada um deles sabe reconhecer o carinho por tras do sarcasmo. Essas e todas as outras, e são várias e várias, continuam tão críticas como sempre.

Mas estas de cá, as Chrises que se apresentam por intermédio do teclado, essas sofreram alguma espécie de mutação. Não acredito que estejam menos críticas, ou elas teriam que ser rebatizadas. Acho que é tão somente a causa que eu comecei descrevendo – uma compulsão indescritível, indecifrável, mas fantástica. Linda e libertadora.

No começo, eu gastei alguns posts para revelar o nascimento ou re-re-re-renascimento deste blog. Pessoa a pessoa. Amigo a amigo. Sempre com aquela sensação de desnudamento. De iminência do ridículo. E agora? Agora, a cada dia mais eu sei que mais pessoas acessam estas páginas. Pessoas novas, desta nova fase, mas pessoas de sempre. Pessoas do meu mundinho real.

Confesso que, deste lado de cá, de fora do teclado, por assim dizer, ainda são muitas as que não conhecem o outro lado da Chris – todas essas Chrises. Mas ter chegado até aqui….

Por que isso agora? Por que toda essa confissão? Acho que em função do desejo irresistível de escrever, depois de uma semana de uma certa apatia… Essa força que me compele a estar aqui agora escrevendo, a despeito de um certo mal estar físico, de uma antevisão de uma possível virose tomando conta me fascinou, e eu tive que acorrer ao teclado, com a sede de quem há dias não prova uma gota daquilo que mais necessita para viver.

Um pouco de exagero? Talvez. Mas esse hiperbolismo todo só reitera e reforça a minha tese.

Uffff…

Até tinha outras coisas para “vomitar”aqui hoje, mas acho que por hora já tá de bom tamanho né!

Anúncios

5 comentários sobre “Feliz desaniversário, Chrises!!

  1. Apesar de distante, ainda te entendo perfeitamente, peste. Como alguém que conheceu outras tantas Chrises em outros tantos momentos, vejo cada vez mais um tantinho delas no seu texto. Depois de sei lá quantos dias o meu olho cai em cima do seu link aqui nos favs do browser e lá vou eu ter supresas. Esse seu lado eu não conhecia, mas com certeza desconfiava dele. Parabéns lindinha tá se saindo muito bem. Em breve vou experimentar uma catarse dessas (já comecei, mas não conto não conto e não conto) só que numa forma muuuuito diferente. Afinal de contas, vc me conhecendo sabe como eu me sairia numa cozinha né ?
    Beijo enorme.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s