O papel da culinária nos relacionamentos

Minhas vizinhas de trabalho não tomam café, então a minha brincadeira padrão é tentar convencê-las de que o café não é uma bebida, mas sim um evento social. Tomar café no ambiente de trabalho, mais do que um artifício para espantar o sono, é uma oportunidade de interagir socialmente com os colegas de trabalho, o que pode ser visto como uma distração, mas também como uma oportunidade de conhecer novas pessoas na empresa, propor novos projetos, dentre outras vantagens diretamente ligadas ao trabalho.

Todo este preâmbulo para falar da comida. Meus amigos e leitores deste blog desde os primórdios têm comentado o quanto eu falo de comida recentemente. E, como eu já disse várias vezes aqui, eu não  ADORO cozinhar. Um certo amigo falou hoje de um episódio em que se aventurou a preparar uma receita que demandava um pernoite de preparo. Eu jamais me aventuraria a preparar algo assim tão elaborado – me falta a paciência.

Não adoro cozinhar, não tenho paciência com receitas que vão e vem, esquenta, esfria, descansa, prepara, etc, mas gosto de cozinhar e sobretudo gosto muito de comer. Mas, comer como uma desculpa para interagir com as pessoas que amo. Seja para sair para jantar com amigos, seja para preparar um jantar gostozinho para agradar meu marido.

E, vendo os últimos posts dos amigos, só vejo confirmar minha tese. As refeições e seus preparos têm o dom de reunir as pessoas, de gerar memórias, de criar laços. Além da satisfação da gula, obviamente, que por si só é um pecado e um grande prazer!

Anúncios

6 comentários sobre “O papel da culinária nos relacionamentos

  1. Realmente você tem razão. A sensação que eu tenho é de que o preparo dos pratos, a arrumação da casa e da mesa, os detalhes são tão gostosamente curtidos que a hora do jantar mesmo, acaba deixando um sentimento de que o melhor já passou.

  2. Chris, que blog delicioso!!! Vim retribuir a visita e adorei esse cantinho mineiro, atleticano, inteligente, criativo e sobretudo saboroso (também tenho paixão por comer….hamham…)!!! Vou linkar ao meu blog. Amei e voltarei sempre.
    Um grande beijo! Ah, um detalhe: meu marido é como o seu: também companheiro na hora de lavar pratos… Essa parte, normalmente, fica com ele. Maridos também têm que ajudar né? Bjão

  3. Ahhhh atualmente eu nao tenho tomado café, massss semana passada fiz um bolo delicioso (depois passo a receita) e não resisti a um golinho de café.

    A desculpa do bolo foi que eu ia visitar a minah cunhada preferida… hehehe não podia ir de mao abanando e a receita era (realmente) muito fácil…
    foi uma tarde deliciosa!

  4. Eu curto o antes, sabe aquela conversa enquanto prepara, corta, grelha, cozinha, é claro, no final de semana acompanhado do marido e de uma caipirinha, porque todo dia é correria e perde o sabor do evento…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s