Chris em Chrise

Ainda ontem eu falava sobre os altos e baixos. Apesar de uma crise nervosa hoje, eu continuo sustentando a minha opinião. Ok, os baixos, quando acumulados podem nos passar uma rasteira, como aconteceu comigo hoje. Mas eu continuo firme na minha convicção de que, por mais que o cansaço causado pelo acúmulo deles possam ter me derrubado hoje, com o apoio e o carinho dos amigos, eu continuo vendo os baixos como bem mais rasinhos. Então voltei hoje, talvez um pouco redundante, para agradecer algumas pessoas nominalmente ( e se alguém ficar de fora, me perdoem e culpem o Rivotril, o joelho, o cansaço, mas, se você esteve comigo hoje, certamente está na minha listinha do coração):

– à amiga Islane, que vem me ouvindo e apoiando em todos os momentos destas últimas semanas. Islane, se cansar do BI, pode montar um consultório psicológico!

– aos meus médicos de coração. Daqueles que se preocupam com a pessoa, independente se é o joelho, ou o sono, ou o Panorama Setorial que estão tirando as energias – ODILON (em caps, conforme a última aula) Lê e o meu Japa predileto.

– aos amigos do Marketing – companheiros de todos os dias. Andréa, que com tudo o que vem enfrentando se preocupa em levantar o meu astral. Katinha, que acha que eu a ajudo, mas que mal sabe que a grande beneficiária sou eu quando ela me ouve e divide meus momentos todos os dias, pontualmente as 8. Cami e Gui, pela empatia silenciosa mas não menos carinhosa. E ao Ithallo, gracinha de vizinho.

– aos outros amigos Blogueiros e comentaristas e futuros comentaristas. Otávio & Octávio, Lelê e Roberto.

– Menção honrosa e merecidamente redundante ao meu amigo japa. Aquele ser suave, meio desengonçado, naturalmente cômico, mas que foi a primeira grande amizade DASA. Francis, seu coração consegue ser maior do que o teu potencial para me fazer rir, por mais que essa pareça uma equação improvável!!! Além da amizade, esse cara merece agradecimentos pelos pedidos de exame, consultas telefônicas a amigos ortopedistas, prescrições e o que mais eu precisar e pedir a ele, como eu bem tenho certeza!

Aproveito para dar um feedback para esse pessoal que me viu mal hoje. Depois de uma tarde de sono, já parcialmente recuperada, descansada e medicada, acho que segunda eu volto a ser a velha eu, com aquela cara de sempre, como diz o amigo ODILON, mas 5 tons de vermelho abaixo!

Bom fim de semana a todos, e, mais uma vez, o meu super obrigado de coração à minha nova família DASA.

Chris

Anúncios

6 comentários sobre “Chris em Chrise

  1. Chris, não carregue o mundo nas costas… dê um desconto a si mesma e alivie…
    Tanto peso, machucou até os seus joelhos 😉

    Tudo vai ficar bem!

    Descanse e melhoras.

    Beijos,

    Camila

  2. Ontem o post foi só nominal. Hoje ele é todo para você. Imagino onde vai o ego. E se eu souber que ajuda a melhorar passo a noite escrevendo.

  3. Chris,

    Embora você me diga que sempre apaga o que escreve no seu blog, sugiro que este texto, em especial, seja mantido. Acho que, para você, redigir hoje estas palavras foi muito importante. E, para nós também, que recebemos tantos agradecimentos e elogios (rs, rs, rs).

    Fico feliz que esteja melhor.
    Descanse e aproveite o fim-de-semana.
    Bj grande,

    Kátia

  4. amigo ODILON,
    Não passou desapercebido. Mas, como eu ainda estava muito emotiva, preferi não entrar no mérito, e correr o risco de reabrir em larga escala as comportas…

  5. Por causa desta nossa pequena blogosfera, passei a acreditar em uma coisa que não dava o menor valor – a amizade virtual. Nós ainda não nos conhecemos e nem sei se teremos oportunidade de. Uma coisa é certa, já sinto um grande carinho por você, aliás, pelo casal. Isto posto, não poderia me furtar de dar minha contribuição e deixar o alicerce um pouco mais alto para que os baixos continuem sendo cada vez mais rasinhos.

    Abraços, e se cuida ok!!!

  6. Que bom que esteja melhor, Chris! Gui cuide dela e ela de você. Eu queria registrar que, apesar de te ver mal ontem e com dor no joelho, fiquei muito feliz em ver tantos amigos querendo te levar para casa, parecia uma disputa entre os amigos para ficarem um pouco mais perto e ter a oportunidade de te fazer algum bem. Você merece colher tantas amizades assim, pois semeia bom humor e sinceros sentimentos todos os dias.
    Obrigada pelo post!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s